Visitantes

terça-feira, 20 de junho de 2017

Então amanhã, hoje será ontem.



Constantemente reflito sobre a complexidade que é a percepção da existência humana. Ser vivo é  poder pensar,  é como se expressou René Descartes: penso, logo existo. Acredito que isso seja uma inquietação inevitável, porém poucas pessoas se auto conscientizam sobre isso.

Não é nada fácil expor minhas tristezas e frustrações de modo público, num mundo onde as pessoas só querem ver coisas felizes. Porém essa é uma maneira de aliviar a tensão, que por muitas vezes me sufoca. E o bom de tudo é que as vezes consigo relatar tragédias de forma cômica, evitando seu verdadeiro peso. Não nego que nessa vida já tive muito mais tristezas que alegrias, porém mesmo que inevitável, tento não me deixar abater.

Não seguirei nessa publicação uma ordem cronológica dos fatos, vou narrar uma interessante e quase inacreditável crônica de minha vida. Quando decidi escrever sobre o fato de "amanhã, hoje será ontem", foi algo repentino, uma inspiração aleatória. Pensei profundamente sobre essa frase, no mesmo instante a publiquei em meu Twitter e Facebook.

Se amanhã, hoje será ontem, deve-se viver de forma intensa, por que os momentos vividos são eternos, porém nunca retornam. Quantas vezes deixamos de viver o hoje pensando apenas no amanhã. O segredo da felicidade é vivermos cada momento como se fosse o último. Aproveitar melhor as pessoas, os lugares, tudo que estiver ao nosso alcance.

A foto acima é o interior de uma igreja, trata-se da Paróquia Divino Espirito Santo. Estive nessa igreja em 20 de março (de 2017), mesma data que tirei a foto, onde pude recordar e refletir sobre muitas coisas de minha vida. Acredito que não foi por acaso. Nessa data eu deveria buscar um irmão no aeroporto de Brasília, que chegaria de uma viagem do Rio de Janeiro. Porém não estava com paciência para voltar para casa depois do trabalho, enfrentar engarrafamento e depois ir ao aeroporto.

Então, resolvi ir direto do trabalho ao aeroporto, porém tinha apenas um pequeno detalhe, tinha um tempo entre minha chegada até o horário de chegada do voo de meu irmão. Foi quando tive a brilhante ideia de ir a casa de outro irmão, num bairro próximo, o Guará. Ao chegar na casa desse irmão, houve um problema e não consegui ser atendido pois o interfone havia quebrado. Então resolvi andar pelo local até da hora de chegada do voo.

Foi quando estava dirigindo e de repente olhei para o lado e vi a igreja, foi quando lembrei de uma história do início de minha adolescência. Pois esse foi a primeiro templo católico que entrei, e fui pago por isso. É isso mesmo, fui pago para entrar na igreja católica. Eu devia ter meus treze anos, quando estava passando uns dias na casa de um primo, que mora na quadra onde fica a igreja. Era noite de natal, e o padrinho dele ia ir cantar no coral da igreja, na missa do galo.

Ele me convidou, eu claro recusei. Afinal não sou católico, e fui ensinado desde cedo a evitar imagens e esculturas de "santos", e tudo que envolvesse o catolicismo. O tal primo insistiu no convite, e continuei a recusa. Foi quando de repente ele apelou para o pagamento, diante do valor oferecido, caí em tentação, pois naquela época valor era muito, ainda mais para um simples adolescente. Foram R$25,00, esse foi o valor pago para que eu fosse a igreja com ele.

Hoje continuo sem ser católico, porém sem preconceitos com o catolicismo, acredito que já entrei umas cinco vezes em templos dessa religião. Não tenho mais contatos com esse primo. Mesmo não professando nenhuma religião, acredito num Deus universal e fraterno, sem dogmas e rótulos. Me sinto alguém melhor que antes, de consciência expandida. Que possamos viver a vida intensamente, afinal, amanhã, hoje será ontem.

Quem quiser conhecer a Paróquia Divino Espirito Santo, compensa muito, é um templo bonito e acolhedor, localiza-se na Entre Quadra QE 32/34 - Guará II, Brasília - DF. Tel. (61) 3381-7131.

Conheça mais sobre mim, acesse meu Site Oficial, siga-me no Twitter e Instagram, inscreva-se no meu Youtube e curta minhas páginas: La Puerta Del Cielo, The Alchemist e Tétrade Sombria.

Um forte abraço, paz e luz.

Nenhum comentário: